maio 14, 2010

Você quer participar do Enecom 2010??

Filed under: Uncategorized — juntandocacos @ 5:56 pm

Caso esteja interessado em participar do Enecom 2010 em Joao Pessoa, clique neste link, preencha o formulário e aguarde, que nós vamos entrar em contato com você: http://migre.me/ETIL

Mais informações sobre o encontro em: http://enecomparaiba2010.blogspot.com/

dezembro 2, 2009

Prestação de Contas – outubro/novembro

Filed under: Uncategorized — juntandocacos @ 4:49 pm

Relatório de atividades – outubro/novembro 2009

Filed under: Uncategorized — juntandocacos @ 4:47 pm


Nos meses de outubro e novembro, foi resolvido o restante das pendências em relação à estrutura. A parte elétrica da sala está totalmente reformada, o que aumenta a segurança do espaço para que os estudantes da FCS possam aproveitá-lo, e ampliada, para que possam ser usados laptops na sala. O próximo passo é a negociação com a direção visando à possibilidade de disponibilizar Internet Wi-Fi para o Cacos e todo o corredor. Caso não seja possível, entraremos em contado com a Diretoria de Informática da UERJ (Dinfo) para tentar a instalação de um ponto de Internet normal, pela rede da própria universidade.

Outro ponto resolvido foi a negociação com o atual espaço da Cantina. Resolvemos todas as pendências com o Bira, que está investindo na qualidade de atendimento. Recomendamos que os alunos da FCS visitem a cantina, e dêem sugestões no que o Bira pode melhorar.

Com relação a questão política do Cacos, estamos nos esforçando para trazer as discussões da Executiva Nacional dos Estudantes de Comunicação Social (Enecos) para a UERJ, inclusive abrindo o período de eleições das chapas nacional e regional, além da tiragem de delegados para o Cobrecos 2010, que será em São Paulo, entre os dias 16 e 23 de janeiro. Os interessados em participar podem procurar o Diedro, que está na organização das eleições e da delegação da FCS para o Cobrecos.

Mais uma vez a gente firma o compromisso: o Cacos está aberto para todos os estudantes da FCS. Podem trazer sugestões, críticas e idéias, e a gente vai colocar em prática dependendo da disponibilidade.

Rio de Janeiro, 30 de novembro de 2009

Centro Acadêmico de Comunicação Social da UERJ

Gestão Juntando os Cacos

setembro 24, 2009

Adote um Veterano 2009.2

Filed under: Uncategorized — juntandocacos @ 5:17 pm

No dia 25, próxima sexta, acontece mais uma edição do tradicional evento etílico de todo início de período da FCS.

Local: Bar do Cláudio (Rua Jorge Rudge)

A partir das 19h (Calouros nos encontrem no Cacos às 18h!)

Lembrando que o principal objetivo do evento é a integração entre calouros e veteranos, e que é de extrema importância que os primeiros paguem cerveja aos últimos (sem miséria, cada ficha vai custar 50 centavos!!).

Sobre a Xerox

Filed under: Uncategorized — juntandocacos @ 5:02 pm

Os centros acadêmicos de Comunicação e Psicologia receberam no mês de junho uma proposta para a gestão da Xerox, que é de responsabilidade dos CAs. A proposta é melhor tanto para os centros acadêmicos, que vão passar a receber mais pelo aluguel, quanto para os estudantes, que vão pagar menos pelas cópias e impressões, além de prever uma reformulação no espaço.

Ainda em junho foram iniciadas as conversas com a Sra. Glória, até então responsável pela fotocopiadora. Nossa intenção era fazer a transição durante as férias, para evitar transtornos aos estudantes. Porém, a referida Sra. se recusou a desocupar a Xerox, sendo necessária a volta as aulas e a mobilização para que ela finalmente se retirasse do espaço que é dos estudantes.

Com isso, o novo responsável pela Xerox só pode começar a se instalar no espaço no dia 21, sendo necessária uma semana para que ela volte a funcionar plenamente.

As pastas dos professores estão sob responsabilidade da secretaria.

Contamos com a compreensão de todos. Em breve teremos um serviço melhor e mais barato.

julho 15, 2009

Carta da Executiva Nacional dos Estudantes de Comunicação Social (ENECOS) sobre a não-obrigatoriedade do diploma.

Filed under: Uncategorized — juntandocacos @ 12:56 pm

Reproduzimos abaixo a carta da ENECOS sobre o assunto:

O último dia 17 de junho foi marcante para o Jornalismo brasileiro. O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu por 8 votos a 1 pela não obrigatoriedade da exigência de diploma para o exercício da atividade jornalística. A Executiva Nacional dos Estudantes de Comunicação (Enecos) mais do que na obrigação de se manifestar, o faz por meio deste. Em seu último Congresso Brasileiro (Cobrecos) a Enecos teve como resoluções em relação ao diploma o seguinte:

69. Contra a obrigatoriedade da exigência do diploma de comunicação social em qualquer das suas habilitações.

Pelo aprofundamento da discussão sobre a regulamentação da profissão de comunicação alinhada em outros marcos, como exercício profissional que garanta a liberdade de expressão e que impeça a precarização da profissão, direcionando assim a luta para o fortalecimento da categoria e não para a exigência do diploma.

70. Por uma regulamentação de estágio acadêmico em que o estudante seja acompanhado tanto no local de trabalho quanto na universidade, com supervisão garantida na grade curricular. As IES e entidades da categoria devem fiscalizar e supervisionar a carga horária, o salário e se o estágio está proporcionando ao estudante, ou apenas configura mão-de-obra barata ao capital.

Ainda que a posição da Enecos seja contra a obrigatoriedade, é importante reforçar que esta posição é por motivos muito diferentes daqueles apresentados pelo presidente do STF Gilmar Mendes e pelo Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão do Estado de São Paulo (Sertesp). Assim como aqueles estudantes que defenderam a obrigatoriedade no interior da executiva o fizeram com críticas aos motivos alegados pela Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj). Os principais motivos da Enecos contra a obrigatoriedade são:

– A relação com as mídias alternativas. Muitos comunicadores populares surgem a partir de uma necessidade de comunicação do povo. É importante garantir a estes o direito à comunicação e ao fazer jornalístico. Terem o direito de noticiar sobre si e para si (seja uma comunidade, um movimento popular, estudantil ou outro).

– A crítica a uma luta corporativista. Reserva de mercado não resolve o problema do desemprego, apenas faz com que menos pessoas disputem as poucas vagas existentes. Uma luta corporativista faz com que os trabalhadores briguem entre si e não contra os reais culpados: os donos das empresas de comunicação que a cada dia cortam postos de trabalho na busca por maiores lucros.

– Diploma não é garantia contra precarização do trabalho. A exigência dele nunca impediu que as empresas utilizassem artifícios como a contratação de estagiários para substituir o jornalista (e não aprender), a contratação de jornalistas como “pessoa jurídica” entre outros. A luta contra a precarização deve ser ampla e ir para além da categoria de jornalistas.

Sendo esse o posicionamento da Enecos, é importante lembrar que este não é um debate fechado dentro da executiva e há ainda muita polêmica quanto a ele. Independente da questão específica do diploma, a Enecos avançou e há um acordo entre todos na executiva de que deve ser feita umaluta contra a precarização do trabalho do jornalista.

Há um acordo também que a desregulamentação total da profissão interessa aos grandes empresários da comunicação, pois assim quem decide é o “mercado” (embora a atual crise econômica tenha provado o desastre que é a “autoregulamentação do mercado” defendida pelos neoliberais).

Para tanto, discutimos uma regulamentação da profissão dentro dos seguintes marcos:

– A garantia da liberdade de imprensa. Se esta existe hoje no Brasil, não se dá na prática. Ainda que o jornalismo não seja a única prática possível de comunicação, é uma parte extremamente importante desta. A regulamentação da profissão não pode restringir mais ainda a liberdade de imprensa. Pelo contrário, deve ampliá-la e garanti-la de fato.

– Dentro da liberdade de imprensa e do direito à comunicação, é importante a discussão sobre uma nova lei de imprensa. A existência de regras que balizem a imprensa não é cerceamento de liberdade e sim a defesa ante o ímpeto das empresas. Para isto os espaços da Conferência Nacional de Comunicação (Confecom) são de grande importância.

Por último e mais importante, mais do que nunca jornalistas e estudantes precisam ter em mente o embate contra a precarização da profissão. A luta aliada à dos outros trabalhadores (sejam ou não da imprensa) é fundamental em uma categoria que é “pioneira em precarização” (por exemplo quando todos os trabalhadores lutavam contra a Emenda 3 em 2007, a Pessoa Jurídica já é realidade no jornalismo há muitos anos).

No entanto, a qualidade do trabalho do jornalista não pode significar maior exploração por parte de radialistas, estagiários, câmeras ou quaisquer outros trabalhadores. Se isso ocorrer, será uma derrota.”

julho 7, 2009

Votação em Andamento!

Filed under: Uncategorized — juntandocacos @ 2:01 pm

Começou nesta segunda-feira à noite a votação para o CACOS, que vai até o dia 8, quarta-feira.

Lembramos que, apesar de só ter uma chapa concorrendo, é importante que todos votem, pois precisamos de um numermo minimo de votos, caso contrário ficamos sem gestão no Cacos, tendo que puxar outra eleição que só aconteceria no próximo semestre.

Mas, é claro, não votem só por causa disso. Temos propostas interessantes de trabalho no Centro Acadêmico, leia o blog e converse com os membros da chapa para saber mais!

julho 2, 2009

Grupos de Trabalho

Filed under: Uncategorized — juntandocacos @ 2:21 pm

Nossa chapa está organizada por Grupos de Trabalho responsáveis pelas diferentes areas do Cacos. Essa proposta de organização busca contornar alguns velhos problemas na organização do nosso centro acadêmico.

Leia a seguir um pouco mais sobre essa proposta:

O principal deles sempre foi a dificuldade de se fazer reuniões onde estivessem presentes todos os membros do CA, pois nossa faculdade tem aulas de manhã e a noite, muitos fazem estágio, fica dificil fazer com que os horários de 10, 15 pessoas combinem. O que acabava acontecendo era que as reuniões eram convocadas, e sempre as mesmas 5 pessoas estavam presentes, tendo que discutir sobre todas as areas do Cacos, sobrecarregando essas pessoas e tornando o processo de decisão pouco democrático.

Os Grupos de Trabalho são menores, com no maximo 5 pessoas, sendo muito mais fácil de encontrar um horário em comum. Os GTs chamarão reuniões específicas para aquela area, ou ainda, para uma proposta especifica dentro da area. Essas reuniões serão divulgadas para que os estudantes que tiverem interesse em participar da organização de alguma atividade possam participar. O GT de cultura, por exemplo, pode pensar em fazer um evento de fotografia, buscando a colaboração de outros estudantes que gostem de fotografia. O GT de finanças fará reuniões de orçamento todo mês, chamando para a participação qualquer estudante que tenha uma proposta de utilização do dinheiro do Cacos  (pode ser apoio a alguma produção pessoal, comprar algo para a sala do Cacos, qualquer coisa).

A idéia é trabalhar em conjunto com os estudantes. Muitos de nós já fazemos e participamos de projetos interessantes, queremos trazer a produção dos alunos para dentro da FCS.

Outra atribuição dos GTs será a de discutir internamente sobre grandes questões que possam ser colocadas ao Cacos, como a tomada de uma posição dentro do conjunto de CA’s da Uerj.  Posteriormente, serão organizadas reuniões gerais de GTs, com no mínimo um representante de cada um.

É claro que as reuniões com todos os integrantes do Cacos são necessárias e vão acontecer, só que mais fundamental ainda é que o Centro Acadêmico funcione de fato, e não dá pra esperar até que 15 pessoas tenham um horário em comum.

junho 29, 2009

Sobre a Chapa

Filed under: Uncategorized — juntandocacos @ 12:53 pm

Nossa chapa se organizou para lutar pela nossa faculdade. Queremos valorizar a FCS, organizar eventos, debates, trazer debates e pontos de vista diferentes, que enriqueçam a nossa experiência universitária. Somos uma faculdade de comunicação que praticamente não se comunica, não debatemos questões importantíssimas. Um exemplo: no final deste ano teremos uma Conferencia Nacional de Comunicação – quantos na FCS sabem do que se trata, a importância deste acontecimento para nós?

Nossa intenção não é criticar as gestões anteriores. Sabemos da dificuldade de se organizar o Centro Acadêmico. Nós queremos uma mudança na visão que os estudantes têm do Cacos, pois acreditamos que o ele deve funcionar como um catalisador para ações que envolvam estudantes de toda a FCS. O Cacos deve ser uma construção coletiva, buscando sempre ir mais além em todas as questões. A FCS não é uma ilha, nossos problemas não são só nossos. É preciso ter uma visão mais ampla, o diálogo é indispensável para podermos pensar soluções concretas.

Uma de nossas propostas principais é trazer de volta o orçamento participativo do Cacos. Vamos divulgar todas as contas, e as reuniões de orçamento serão amplamente divulgadas, todos poderão participar e fazer propostas.

Participar do centro acadêmico é um dever de todos nós, que estudamos numa universidade pública.

A FCS é sua! Lute por ela!

Acompanhe o blog para saber mais sobre cada uma das propostas abaixo, nossa proposta de organização por Grupos de Trabalho e muito mais!


Para ver os nomes de todos os integrantes, clique em “Quem Somos”, link localizado acima da logo neste blog.

Algumas de nossas propostas:

Filed under: Uncategorized — juntandocacos @ 12:47 pm

– Estreitamento das relações do CACOS com o DCE e os demais CA’s e DA’s da UERJ e de outras universidades;

– Busca de novas formas de comunicação entre o CACOS e os estudantes do curso, com o objetivo de aprofundar as discussões nos espaços da FCS (reativação do Blog do CACOS, reformulação do mural, caixa de sugestões. etc.);

– Reformulação e intensificação da Avaliação Docente;

– Divulgação de prestação de contas mensal do CACOS;

– Calendário fixo de reuniões divulgado no mural;

– Divisão das tarefas por Grupos de Trabalho, com um responsável cada;

– Criação de um Fórum da FCS para discussão sobre temas como a reforma curricular;

– Realização de Debates e Palestras, trazendo para a FCS discussões como a Qualidade de formação do comunicador,  democratização da comunicação etc;

– Fazer uma ligação entre o que é debatido e o que queremos para a FCS, pensar de maneira mais profunda sobre o papel da nossa faculdade;

– Trabalhar em conjunto com professores que queiram transformar a FCS para melhor;

– DVDteca: aquisição de novos filmes e mudança no sistema de locação;

– Participação do Cacos na Executiva Nacional dos Estudantes de Comunicação;

– Participação no Movimento Estudantil da Uerj. Muitos dos nossos problemas são comuns a todos os estudantes da Uerj;

– Trazer para a FCS a discussão sobre a Conferência Nacional de Comunicação;

Organizar os estudantes em relação ao Enade – ou todos boicotam, ou todos fazem;

– Realização de uma segunda Semana de Comunicação, que não seja voltada exclusivamente para o mercado;

– Promover atividades culturais, envolvendo os estudantes no processo de organização e produção desses eventos, aproveitando contatos e atividades que muitos de nós já desenvolvemos.

Próxima Página »

Blog no WordPress.com.